You are here

Festivais se comprometem a dividir os lineups igualmente entre homens e mulheres

Iniciativa está se espalhando na indústria musical da Europa e da América do Norte

 

Através de uma iniciativa batizada de Keychange (encabeçada pela PRS Foundation), 45 festivais de música na Europa e na América do Norte se comprometeram a alcançar uma meta de lineups divididos meio a meio entre homens e mulheres, até 2022.

 

Segundo a Keychange a representatividade das mulheres no mercado da música europeu é baixíssima, com apenas 20% ou menos das compositoras/autoras registradas, além de salários mais baixos e pouca expressão em palcos de festivais.

 

 

A CEO da PRS Foundation, Vanessa Reed, falou sobre a iniciativa para a imprensa: “A ideia da rede do Keychange com artistas femininas, profissionais da indústria e os festivais parceiros de estabelecer um pleito coletivo vai acelerar a mudança significativamente. Eu espero que isso seja o início de uma indústria mais equilibrada, que vai resultar em benefícios para todos”.

 

A Keychange se define como “uma iniciativa internacional pioneira  apoiada pelo programa Creative Europe, da União Europeia, que está empoderando mulheres para transformar o futuro da indústria musical e encorajando conferências e festivais a atingir ou manter um balanço de 50/50 [entre homens e mulheres] até 2022. Aproximando-se de organizadores de festivais e conferências com pensamento parecido, a Keychange visa criar uma necessária mudança perene no campo das performances musicais, e além”.

 

Confira a lista dos 45 festivais comprometidos com a causa:

 

– Reeperbahn Festival (Alemanha)
– BIME (Espanha)
– Iceland Airwaves (Islândia)
– Way Out West (Suécia)
– Musikcentrum (Suécia)
– Tallinn Music Week (Estônia)
– MUTEK (Canada) e The Great Escape (Reino Unido)
– Aldeburgh Festival (Inglaterra)
– Blissfields (Inglaterra)
– Bluedot (Inglaterra)
– Borealis (Noruega)
– BreakOut West (Canadá)
– By:Larm (Noruega)
– Canadian Music Week (Canadá)
– Cheltenham Jazz Festival (Inglaterra)
– Cheltenham Music Festival (Inglaterra)
– Eurosonic Noorderslag (Holanda)
– FOCUS Wales (País de Gales)
– Granada Experience (Espanha)
– Hard Working Class Heroes (Irlanda)
– Huddersfield Contemporary Music Festival (Inglaterra)
– A2IM Indie Week (Estados Unidos)
– BBC Music Introducing Stages (Reino Unido)
– Katowice JazzArt Festival (Polônia)
– Kendal Calling (Inglaterra)
– Liverpool International Music Festival (Inglaterra)
– Liverpool Sound City (Inglaterra)
– Manchester Jazz Festival (Inglaterra)
– Midem (França)
– Norwich Sound and Vision (Inglaterra)
– North By North East (Canadá)
– NYC Winter Jazzfest (Estados Unidos)
– Off The Record (Inglaterra)
– Oslo World (Noruega)
– Pop-Kultur (Alemanha)
– BBC Proms (Inglaterra)
– Roundhouse Rising (Inglaterra)
– Spitalfields Music (Inglaterra)
– Sŵn (País de Gales)
– Trondheim Calling (Noruega)
– Waves Vienna (Áustria)
– Westway LAB (Portugal)
– Wide Days (Escócia)
– Gilles Peterson’s Worldwide Festival (França)

 

Saiba mais no site oficial: keychange.eu

 

Fonte: Phouse

Foto: Nervo Tomorrowland Belgiun 2017

REPOST SOCIAL NETWORKS: 
X